Domine o inglês americano – CONSOANTES

Domine o inglês americano – CONSOANTES

23/09/2018 0 Por Alexandre Emerson

Dando sequência aos sons para dominar o sotaque americano, agora vamos para os sons consonantais.

Se você perdeu o primeiro post com o som das vogais, não se preocupe é só clicar aqui.

Quando você está aprendendo outro sotaque, é muito útil saber como os instrumentos da boca (aparelho fonador) trabalham juntos para produzir som. Uma razão pela qual você não tem um sotaque quando está falando inglês é que provavelmente não está mexendo a língua e os lábios da mesma maneira que um falante nativo, para ajudar é interessante se familiarizar com o IPA.

Uma consoante é um som que é feito quando o fluxo de ar é bloqueado por seus lábios ou sua língua. Os diferentes lugares onde esse bloqueio pode ocorrer são chamados de “pontos de articulação”. O ponto de articulação é, portanto, um ponto de contato de uma parte de sua boca com outra parte. Por exemplo, quando você produz o som /p/ (que é escrito com a letra p), seus lábios se juntam e fecham. Então, os pontos de contato aqui são seus dois lábios. O som /b/ (que é escrito com uma letra b) também é produzido pelos seus lábios se tocando, como é o som /m/.

Às vezes, os pontos de contato, ou pontos de articulação, ocorrem quando a ponta da sua língua toca diretamente atrás dos dentes superiores, uma parte de sua boca chamada de crista da gengiva. Os sons que são produzidos neste momento são /t/, /d/, /n/ e /l/. Outro ponto de contato ocorre quando a parte de trás de sua língua toca a parte de trás de sua boca, perto da garganta, como em /g/ e /k/.

Você não precisa necessariamente aprender os nomes formais das diferentes partes de sua boca, mas deve desenvolver uma consciência de onde estão os pontos de contato. Estudar a ilustração abaixo ajudará você a fazer isso.

VOICED AND UNVOICED
Uma maneira de categorizar consoantes é determinar se eles são “SEM SOM” ou “SONOROS”. É importante saber a diferença entre esses tipos porque o comprimento de uma vogal que precede uma consoante é determinado pela consoante que segue é sem voz ou com voz. Você aprenderá mais sobre isso mais adiante, assista o vídeo curto abaixo com uma explicação básica sobre isso:

Além disso, saber se um som é sem voz ou sonoro ajudará a pronunciar corretamente contextos como -ed e -s no final das palavras. Você aprenderá sobre isso em detalhes no próximo post.

Primeiro, vamos aprender a distinguir entre uma consoante sonora e uma não sonora. Coloque os dedos na parte da frente do seu pescoço, bem no meio. Agora diga /z/ como na palavra zoo. Agora vamos aumentar: zzzzzzzzzz. Você deve sentir uma vibração nas suas cordas vocais. É assim que você sabe que o som /z/ é expresso.

Agora vamos tentar isso com o som /s/ como na palavra sat. Diga /s/. Agora vamos prolongá-lo: sssssssss. Desta vez não houve vibração nas suas cordas vocais, por isso esta consoante é considerada surda (UNVOICED). Fácil?.

As posições da língua e lábio do /z/ e /s/ são idênticas. A única diferença entre eles é vibração ou não vibração. Olhe para os outros pares de consoantes que são produzidos exatamente da mesma maneira, exceto pela vibração nas cordas vocais.

MORE VOICED CONSONANTS
Vamos para as que sobraram. Essas consoantes são todas VOICED e sem pares VOICELESS. Preste atenção a vibração das suas cordas vocais ao pronunciar cada uma delas.

A CONSOANTE /h/
A última consoante a ser estudada é VOICELESS e não tem um par para praticar a diferença, segue exemplos:

É isso ai galerinha, se curtiu dá uma compartilhada para ajudar o BLOG. Publicarei exercícios com áudio e mais novidades, a série e não para por ai, continua no próximo post.

Anúncios