GAOKAO – O ENEM chinês

GAOKAO – O ENEM chinês

23/08/2018 1 Por Alexandre Emerson
Spread the love

GAOKAO – O ENEM chinês. O GAOKAO é conhecido como o ENEM chinês, ele é a principal porta de entrada para o acesso as universidades na China.

Em primeiro lugar, A prova teve sua primeira versão em 1952, com uma versão interrompida apenas durante a revolução chinesa, e geralmente acontece em junho.

Descanso após a primeira parte do exame

Até 1987 os exames eram todos aplicados no mesmo dia e na mesma hora para todo o pais. O ministro da educação instituiu que cada província poderiam determinar seus cadernos e currículo liberando-os para elaborar suas próprias provas, baseado em um conteúdo em comum.

Em segundo lugar, as universidades determinam a nota de entrada e os alunos precisam atingir o score da prova para poder alcançar seus cursos.

CONCORRÊNCIA do GAOKAO – O ENEM chinês

Assim, a competição é brutal para entrar nas cerca de duas mil universidades públicas do país, e a pressão das famílias também. O “gaokao” de 2019 acontece nesta semana e tem dez milhões de inscritos, maior número da década. Pequim fez reformas esse ano, oficialmente, para melhorar a inclusão no sistema de exames universitários. A prova é considerada elitista, embora aberto para qualquer pessoa que tenha segundo grau completo.

SAT – Conheça o ENEM americano.

Afinal, o governo quer reduzir a quantidade de “imigrantes do gaokao”. São alunos que tentam a prova em uma província diferente da que moram para terem mais chances. Estudantes das regiões mais pobres do país receberam uma cota para tentar equilibrar o acesso, em uma nação de proporções continentais e com forte desigualdade social. Há um milhão a mais de inscritos que no ano passado. O motivo é a expansão de vagas em instituições de ensino superior.

HISTÓRIA

Ademais, a prova acontece sempre no início de junho, e cenas de alunos estudando e pais desesperados são comuns. Anedotas povoam a mídia estatal. O exame acontece desde 1952. Ficou suspenso por 14 anos, durante a Revolução Cultural, quando muitos dos líderes chineses que governam hoje foram enviados para campos de trabalho. Incluindo o presidente chinês, Xi Jinping.

Portanto, eles estudam um ano inteiro, das 7 da manhã as 9 da noite nas escolas, para o exame que dura 2 dias. Para alguns, é apenas uma opção para um futuro em uma boa universidade chinesa. Alguns também têm a opção de estudar no exterior. Mas, para outros, o Gaokao – O ENEM chinês, é “tudo ou nada”. Principalmente para os que a família não tem condições de bancar uma educação particular e/ou no exterior. O exame conta com questões objetivas e dissertativas de Mandarim, Matemática, Inglês e outras ciências.

BABÁS PARA O GAOKAO?

Surpreendentemente existe até um serviço de “babás para o Gaokao“, onde professores particulares auxiliam, tiram dúvidas e fazem companhia durante o período de um ano. Alguns alunos chegam a estudar 7 dias por semana. Isso sem dia de descanso, já que, se pararem por um dia, a lição de casa e os exercícios de revisão se acumulam. Além de toda expectativa e volume de conteúdo a ser estudado, existe ainda a pressão dos pais e da família. O resultado do exame pode determinar a qualidade da universidade, e até mesmo a área de estudo.

A saber cerca de 9,5 milhões de estudantes já se inscreveram para o Gaokao – O ENEM chinês, em diversas cidades chinesas. Durante os dois dias, toda organização da cidade é alterada para não atrapalhar os estudante em prova. Fábricas param. Carros são proibidos de buzinar. Até táxis exclusivos para levar e buscar os estudantes ao local de aplicação do Gaokao existem. Como muitas vezes o exame é aplicado longe da cidade do estudante, os hotéis fazem planos especiais para os dias de exame. Esses hotéis esgotam rapidamente.

COLAR É CRIME!

Além disso, esse também foi o primeiro ano em que “colar” na prova foi considerado crime. Haviam diversos policiais em cada universidade em que o exame foi aplicado. Quem colasse era preso garantindo a prisão na hora do estudante que colasse. Em outras edições foram utilizados drones para fiscalizar e evitar colas. Alguns pais pagam “vestibulandos profissionais”. Esses falsificam a identidade e fazem a prova no lugar de seus filhos em troca de alguns milhares de dólares.

Dessa maneira, três matérias são obrigatórias: chinês, matemática e inglês. Os exames duram três dias. contudo os alunos também são avaliados em disciplinas opcionais, como história, geografia, biologia, física, química e ciências políticas portanto Sacrifício e disciplina são cultuados, mas lentamente a prova vem se adaptando para permitir diferentes combinações de disciplinas. Além da divisão entre ciências e artes, e para pontuar a performance do aluno ao longo de todo o segundo grau.

No ano passado, uma notícia sobre uma “avaliação política”, que impediria o estudante que não estivesse de acordo com a visão do partido que controla o país de fazer o “gaokao”, foi rapidamente desmentida pelo governo.

Abaixo temos um exemplo de um dos temas da REDAÇÃO do Gaokao – O ENEM chinês.

TEMA:
“Vínculo é uma conexão feita por uma pessoa e um abstrato ou coisa. As pessoas precisam de vínculos para unirem-se e se fortalecer. Nos dias atuais, o desenvolvimento econômico global, desenvolvimento cultural, a herança histórica, a paz da sociedade e a harmonia no campus requerem laços.”

Escreva uma redação com o titulo “Falando sobre laços”
Requerimentos: Um ponto de vista claro, argumentos suficientes e argumentos sensatos

Curiosidades sobre o GAOKAO – O ENEM chinês

Alunos esperando a abertura dos portões

A) Cerca de 9 milhões de estudantes fazem as provas todo ano

B) O GAOKAO é aplicado em dois dias, uma vez por ano

C) As provas incluem conhecimento geral e mundial com redação

D) Em 2011, um candidato chamado Lü Pin se suicidou ao pular do 6º andar no primeiro dia do exame

E) O gaokao – o vestibular chinês é a única chance que o estudante tem de entrar na universidade. Não existe uma segunda chance

F) Caso seja reprovado, precisará se contentar com empregos menos valorizados

G) Quem não passa abandona o país para cursar faculdades no exterior

H) As únicas cotas são relacionadas à região

I) A pressão é tanta que alguns alunos buscam conforto em suplementos alimentares para aumentar a energia

J) Críticos do formato alegam que o gaokao favorece quem tem boa memória

EM SÍNTESE

Com algumas nuances, o Gaokao – o vestibular chinês e o Enem assemelham-se principalmente em dois pontos. O primeiro em concorrência. Ambos têm um elevado índice de inscritos, tornando-os concorridos entre estudantes de seus respectivos países. Os dois têm em comum o propósito de inserir no ensino superior o maior número possível de jovens que sabem da importância e reconhecimento que um diploma agrega na procura por um emprego.

Apesar de serem as maiores do mundo. Essas não são as únicas provas de vestibular nacional realizadas ao redor do mundo. Existem outras como o SAT (Scholastic Aptitude Test ou Scholastic Assessment Test). Esse é um dos principais exames usados por universidades americanas para escolher candidatos. O PSU (Prova de Seleção Unificada), realizada por estudantes chilenos que estão concluindo o ensino médio e querem ingressar no ensino superior é outra opção de entrada de vestibular concorrido